Sounds familiar?

Last time the kick off for a nice sell off was on a friday. Tomorrow friday and end of the month... Let´s see how this rigged market plays out.

Back to Nasdaq100 shorts @ these levels

The lesson from yesterday trading is: In this rigged market, when you see a H&S just go long, because robots will kill all the shorts. This is getting out of control and ridiculous.

Now we have nasdaq100 in the wall again. See the topic:

Start shorting @ these levels.

S&P500 and Forex

S&P500 breakdown an uptrend line very strong and now is consolidating near next support @ 1180. My guess is that between tomorrow and friday we will breakdown to the next strong support @ 1150.

A few days ago i talked about some forex crosses that would give me a signal in days where i would enter short AUD against some currencies. My forex crosses, where i entered short a few moments ago are AUDUSD and AUDJPY. They are near very strong resistances and doing some bearish technical figures. My guess is that AUD, after this very huge rallie in a year, more then 50% against these currencies, because of China problems will be fundamentaly afected. Here are the charts.

Update - Nasdaq100 - Target 1950 short term

Nasdaq100 is breaking down 2000 points, and with stochastic slow 1 hour will lot of juice for the downside. Look out bellow, 1950 here we go.

RED ALERT - Breaking down as expected yesterday

‘There is no means of avoiding the final collapse of a boom brought about by credit expansion. The alternative is only whether the crisis should come sooner as a result of a voluntary abandonment of further credit expansion, or later as a final and total catastrophe of the currency system involved.’ – Ludwig von Mises

As i yesterday pointed out, there were lot´s of signals that were telling that today was a decision day. And what a decision... There were lots of breaking down in stocks and indexes, and VIX in the support i showed yesterday gave 30% gain.

I am looking to short AUD against some currencies, maybe AUDUSD or AUDJPY i am still studying and i let you know when i enter the trade in the next few days.

If this will be a simple correction or a move of the S&P500 to 400 points in the next few 2 years i dont know, but a strong correction is expected, so longs beware.

It was not a bullish monday? Robots took the day off

Today was not a bullish monday... how strange. Maybe robots took the day off:)

Indexes are extremely overbought, 1 month overbought and now they are near strong resistance and with extreme bullish sentiment. Stockmarket nowadays has no fear, everyone thinks the worst has already passed and DOW 36.000 here we go.

Carefull with stockmarket from this point, at least a severe correction will happen, and maybe will be the start of something worst. We are in the center of the storm, the storm hasn´t passed.

Vix is on a position where in the past lead to strong rallie on this instrument. So... tomorrow maybe will be the start of a more severe correction, so be carefull.

And please support this blog by adding has supporter. Thanks.

Dow Jones - Update 25-04-2010

Dow Jones is on the upper resistance line of a rising wedge. There are some signs of exaustion, and on the VIX we are doing some kind of base and on a huge long time support. Let´s see what this week will bring us, but most of the index are on huge resistance points, overbought and bullishness rocks on.

And please support this blog by adding has supporter. Thanks. Bom artigo.

Max Keiser : Fraud is a great industry in Wall street

April 24, 2010 —
Max Keiser : fraud is a great industry in Wall street , if you take away fraud from the American financial scene there is not much left .....

Let run the video, they are 3 parts.

Just Shorted Nasdaq100

At this values i start shorting nasdaq100. Most of the stocks are extremely overvalued, add an insane run up and the economy is on the verge of colapse. My guess is that in this cenario there are a good risk/reward. Let´s see what happens.

Short nasdaq100 @ 2052 (OMG) One year after and 100% upside. This is crazy and crazything don´t usually end well.

And Btw there are some big boys doing nice reversal weekly candles.

P.S. Show your support for this blog clicking on Followers. I would appreciate. Have a nice weekend.

BUY BUY BUY - Insanity

Hey, some country is on the verge of banrkupcy? No... it´s more then one.

So, what we are gonna do? Buy is a good idea, put money in risk.

People never learn with mistakes, if one company was bankrupt without notice and colapsed the markets, now that are countries near or in bankrupt people are buying like there is no tomorrow?

I have one word for market right now - INSANE.

When this entire market colapses i hope people don´t blame speculators... What a crazy world we are living on.

2 months after, 42% run and 6 gap up after let´s go apple... just keep buying. What a crazy world. The market remembers me 2000, when shortly after there was a colapse.

Simple but great chart

We are achieving levels of overbought and euphoria totally insane. Look out bellow when this starts falling. from Maurice Walker

Update: THIS IDIOT Maria said this: Maria Bartiromo: "I don't think there's anything wrong with a boom-bust economy."-  What an Idiot...IDIOT. IDIOT.

Gerald Celente: Finance reform, just a show

Gerald Celente : Obama Financial Reforms are just another episode of his reality show

the same people who deregulated are now regulating? asks Gerald Celente this is just another episode in the president reality show and show them they are doing something.
Wall Street regulation is the hot topic today; President Barack Obama gave a speech to the finance industry encouraging them to join him in reforming Wall Street. Gerald Celente says that there is a huge problem with Obamas Financial Reform bill because the same people that got us into this economic mess are the ones advising Obama.

Euro Deficit Results - WOW








But hey, governments will save us... (from prosperity).

Nasdaq100 - 2035 the great wall of china

Nasdaq100, after such a run is tired... very tired. And now is on a huge resistance level, that will be extremely dificult to overpass. So, with vulcanoes, countries going bankrupt, debt, debt and more debt and extreme optimism on the stockmarket not seen since 2000, compliments to the world governments that prefered trowing free money to the system, creating a big big bubble and bankrupt entire populations... this entire stockmarket is due for a huge correction. I would be very surprised if next months wouldn´t be bear territory.

Obama’s Secret Plan for Economic Revival

Dow Jones - Update

Markets went up again, even when everything around is busted. They talk about results from the big companies... WOW banks results are from Trading and mark-to-bullshit. The rest of the big companies are getting good results on paper why? Maybe because everyone else is going bust and bankrupt. Please...

Techically Dow Jones is doing a Rising Wedge like my charts are showing. Lot´s of divergences and 1 month overbought might kick off some sell off. Break 11.000 point will be the starting point.

Investment Guru Jim Rogers, Chairman of Rogers Holdings, commented Saturday on a phone interview with CNBC about the SEC accusations of fraud against Goldman Sachs :"Markets are overdue for a correction, Any market that goes up this much, this fast, this steadily without correction - it's not normal. When that sort of things happens, the market could be setting itself up for a 15 - 20% correction."

"What I am doing is watching. If this is going to be the beginning of a correction. we will know how the markets does next week, by Thursday, I suspect. It's not time to sell in any significant way." He added


Futures S&P 500 - Technical indicators

S&P500 was oversold near resistance has my chart shows. Now ES futures are on a resistance point, and the technical indicators are showing overbought status. Let´s see what happens, but it appears that we can start selling from this point.

And please support this blog by clicking on the adds. It only takes you 1 second, it takes me a lot more doing the posts :) Thanks people for your support.


Milton Friedman - The Robin Hood Myth

Milton Friedman explodes the myth that government takes money from the rich for the benefit of the poor.

Dow Jones on the verge of breaking down bad - Update

Djones is hanging around the support. It´s only falling 0.10% which is very little. From this point shorting Dow Jones is a awesome risk/reward.

Shorting Dow Jones @ 11.000 points on the verge of breaking down bad.

The market was oversold, but i think that shorting Djones @ this values is a good reward/risk. The stop must be placed on the new highs.

Given the chart, Dow Jones is an easy short. Today is the bull monday that we are use too... let´s see how it goes the rest of the week days.

Max Keiser takes offense to Goldman Sachs

A few months ago, Max Keiser told the world what he thinks about GS... now, people are opening their eyes for the schemes done in the major world banks. Take a look at those videos, a must see.

The tip of the iceberg

As i and others said a year to the present, this is not a recovery, but a cover up, with the blessing of the governments. It´s a Ponzi scheme ready to roll over and the accountability of some big companies are ENRON like, since mark-to-market story...

Today it started to show what we are saying for some time, this is all a scheme and the FED and others alike know whats going on... Take a look at this:

And... before this cames to public, GS the one and only did this:

They are beeing investigated for fraud, but not from market manipulation? ok...

Yesterday i placed some charts, where we could see exaustion, extreme overbought conditons, and Put/calls ratio of a bubble environment. Market will do whatever it wants to do, but always when the majority of people are on the wrong side of the market, and now it´s a awesome time for wave 3 starts, because only a few, very few believes in new lows.

That a look at some charts and let´s keep watching the rest of the story, that we all know what will be the end of it, that a look of what happened to Argentina and Russia, impossible to default, until they did...

Have a nice weekend.

DAX e Nasdaq100 em pontos importantes - Beware

Os 2 índices estão em pontos importantes de resistência. O Rácio Put/Call do CPC ontem fechou a 0.37, valor tão baixa que não se via desde Março de 2000, altura em que a bolha tecnológica rebentou. Curioso ver a velocidade a que esta nova bolha foi criada, demorou 1 ano apenas, graças às autoridades fecharem os olhos ao que os bancos americanos fazem em termos de qualificação dos activos que têm no balanço e permitir-lhes manipular a seu bel prazer o mercado de forma a ter lucros. A partir destes valores poderá ou se iniciar o A do padrão M ou haver um retrace significativo. Pelo menos cautela será necessário, pois esta euforia parece muito com o que aconteceu em Março do ano passado, mas de uma forma inversa.

Bernanke - Porque é que ainda ouvimos estes tipos

Numa altura em que o que aconteceu nos mercados há 1 ano está completamente esquecido e posto de lado, tendo já a euforia ultrapassado a do topo de 2007 e o nível de risco varrido para debaixo do tapete pelos bancos centrais, temos a comunicação social a fazer a mesma coisa do que no passado, ouvir os mesmos que não acertaram e no topo da bolha diziam nada estar para acontecer, o que demonstra que ou são completos burros ou que são completos mentirosos... 

Agora as famosas previsões. Acho também piada falar-se que o sector privado irá promover o crescimento, se neste momento está completamente asfixiado com aumentos de impostos actuais e previstos, além do aumento manipulado pelos Bancos Centrais para promover inflação de várias matérias-primas, por exemplo petróleo (as manifestações de 2008 devem estar para aí a surgir).

Podia estar aqui a colocar padrões de acções que fazem breakout, mas disso já há blogs suficientes de momento, prefiro colocar alternativas para quem está do lado bull a investir possa consultar e ver os 2 lados da equação e não apenas o lado do está tudo bem. Espero que seja útil. 

Padrão M e divergências negativas

É complicado tomarem-se decisões acertadas, quando os bancos centrais tiram o medo das pessoas investirem em produtos alavancados e arriscados nesta fase do campeonato. Quando temos países insolventes e não são tão poucos assim, vemos a volatilidade a níveis de 2007, ou seja, o medo desapareceu. Há quem diga que é bom, mas neste caso não já que as pessoas estão a ir para risco não por fazerem uma análise e concluirem que afinal o país, sector ou empresa tem bons fundamentais e é forte, mas sim porque os governos salvam tudo... e vai haver sempre dinheiro para salvar. Isto é um mito e no mundo todo não faltam exemplos de governos que salvavam tudo e depois declararam insolvência... ou já se esqueceram da Rússia há uns anos ou uma Argentina.

Tecnicamente o S&P500 está a fazer várias divergências e a subir sem volume nenhum, apenas com robots a negociarem o preço entre eles. A nível mensal o padrão continua a ser um M A que é uma figura bear. Quanto à especulação, welcome 2007 and 2000.

Artigo e entrevista Interessante - O crash de 2010

Para o homem que escreveu "O Crash de 2010", este seria o ano do regresso às imagens de profunda depressão equiparáveis às dos anos trinta do século XX. Agora, Santiago Niño Becerra acredita que a realidade está ainda pior e que as melhorias nos mercados financeiros são mera ficção.

Se saír da crise financeira dependesse das bolsas mundiais, o último ano tinha sido muito favorável. As acções norte-americanas subiram 46%, as europeias cresceram 48% e até as portuguesas recuperaram 36% do valor atingido no final de Março de 2009. Contudo, são os números do desemprego que contrastam com as melhorias financeiras. Na Zona Euro, a taxa de desemprego subiu dos 9,1% para os actuais 10% enquanto nos Estados Unidos o rácio de desempregados cresceu dos 8,9% em Abril de 2009 para os 9,7% que se verificavam agora em Março de 2010.

Há quem acredite que desemprego elevado é apenas um dos males que vão tomar a economia. Santiago Niño Becerra , catedrático de Estrutura Económica da universidade Ramon Llull em Barcelona e autor do livro "O Crash de 2010", é bem mais pessimista que a maioria dos organismos internacionais e os seus avisos esbarram com os anseios de investidores. "A crise, a verdadeira crise, quando rebentar, em meados de 2010 será tremenda, paralisante, uma autêntica queda a pique", lê-se no epílogo da obra do académico espanhol.

Agora, não é mais animador o cenário traçado por Niño Becerra para quem procura oportunidades no mercado de capitais. Em resposta às perguntas do Dinheiro, o autor acredita que ainda há muito caminho para as bolsas caírem e indica que a China está envolta em duas bolhas, financeira e imobiliária.

P: No final do seu livro "O Crash de 2010", prevê que a deflação, depressão e a verdadeira crise serão sentidas em 2010. Estamos mais perto desse cenário ou estamos a salvo agora?
R: A realidade permanece a mesma, está realmente pior, penso eu. Quando escrevi o livro, os problemas financeiros dos PIIGS [Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Espanha] não pareciam tão perto. Acho que a economia mundial está a viver de forma assistida, como numa unidade de cuidados intensivos, à base de incentivos, garantias e promessas, e que muitas empresas estão a produzir para renovar inventários, mas o peso da dívida mantém-se e as possibilidades de ser paga são cada vez menores.

P: Depois de um terrível ano de 2008, os mercados financeiros, especialmente o mercado accionista, recuperaram. Pensa que isto é apenas uma brisa passageira ou julga que os riscos de colapso continuam?
R: Os mercados recuperaram porque os fizeram recuperar. Nada na economia real justifica estas subidas nas cotações. Por um lado, foi muito fácil para as instituições financeiras ir ao BCE [Banco Central Europeu] buscar fundos a 1% e adquirir mais dívida que rendia muito mais. Por outro, as expectativas criadas sobre a América Latina mudaram-se para a Europa sob a forma de aumento dos preços. Além disso, por não existirem alternativas certas, criaram-se expectativas fictícias. Os mercados, acredito, vão cair, pois é evidente que não é possível continuar a prolongar esta ficção.

P: Ainda acredita, como diz no seu livro, que as economias emergentes como China, Índia e os países da América Latina e África, serão os mais afectados pela crise de 2010? Quais são as suas previsões para estas regiões?
R: Sim, sem dúvida. A China está imersa numa dupla bolha financeira e imobiliária gigantesca, além disso, tem uma bomba-relógio: 1,3 biliões de dólares de dívida ligados a um modelo lento, pesado e corrupto. Na Índia, acho que há áreas com potencial, embora, tal como a China, depende fortemente do exterior, como a América Latina. África tem apenas commodities, nada mais, o que é extensível à América Latina. Por exemplo, a Bolívia. Se retirar o lítio e o gás, o que resta?

P: O ouro estabeleceu um recorde máximo em dólares, o petróleo tem estado a subir e algumas outras matérias-primas estão a ganhar terreno. Pensa que o pior para as commodities já passou, depois das quedas de 2008?
R: O ouro, excepto o que tem uso industrial, não é uma commodity, é um bem para especular. As cotações das commodities baseiam-se em dois parâmetros: o seu consumo e a especulação. O segundo foi manipulado, o primeiro tende a descer, para recuperar a partir de 2013. Mas um maior consumo vai juntar-se com a escassez, pelo que é expectável uma subida muito forte dos preços das commodities no médio prazo.

P: Se usássemos o seu livro com guião para o rumo da economia, deveríamos estar agora a entrar numa fase em que a crise parece inevitável, seguida de escassez de bens energéticos como o petróleo e o gás. Do que tem visto, o rumo está a ser seguido?
R: Penso que podem estabelecer-se regulações sobre a disponibilidade das matérias-primas, principalmente do petróleo.

P: Um dos sectores que parece ter sido poupado pela turbulência é o da biotecnologia. Este será um sector-chave no futuro?
R: Ainda não somos capazes de imaginar o progresso que a biotecnologia vai ter no futuro, não só no que diz respeito à medicina, mas, na indústria e na agricultura, e combinado com a nanotecnologia. Além disso, quando a crise estalar com toda a violência, os bloqueios éticos que existem actualmente desaparecerão, o que irá incentivar ainda mais o seu desenvolvimento.

P: Pensa que as questões ambientais e as alterações climáticas serão postas de parte em alguma altura? Países como Portugal estão a investir e a tentar incentivar o uso de carros eléctricos. Medidas como esta estão ameaçadas quando a crise se agravar, como escreve no seu livro?
R: O que entendo que será a mudança sistémica que virá com a crise será a adopção de uma postura baseada na produtividade e eficiência, sendo que os desenvolvimentos que se produzirem virão desse lado. O carro eléctrico, por exemplo, não resolve o problema do desperdício de recursos: um automóvel é um bem que está subutilizado. Usado por 1,1 pessoas por diadurante não mais de duas horas, é absurda a quantidade de aço, vidro, lubrificantes, têxtil e energia empregados na construção desse mesmo carro que se são subutilizados. O modelo baseado no transporte individual não é eficiente, independentemente de se mover a gasolina ou energia eléctrica. Penso que isto deve alterar-se. É dizer: vamos fazer um modelo de comunicação baseado na combinação das infraestruturas comuns de telecomunicações e o transporte colectivo. Em todos os âmbitos da economia.

The Great Financial Con Job With Alan Grayson And Bill Fleckenstein

Visit for breaking news, world news, and news about the economy

The show must go on... or else...

Gráfico interessante das 10 year Treasury rate americanas. O FED apesar de toda a manipulação que está a fazer no mercado, para fazer crer que está tudo bem e normal, não está pois claro a conseguir controlar as yields... e a coisa não está famosa... Vejam pelo gráfico e artigo.

  • L.A. Controller Says City Could Run Out of Cash by May 5

  • Detroit Bankruptcy Looms with Deficit of $446 Million in Budget of $1.6 Billion

A Califórnia já toda a gente sabe como está... A Grécia, Portugal, Espanha, Itália, Irlanda, Inglaterra.. and so on está uma desgraça. O ponzi do crédito e dívida está a rebentar, e isso é fácil entender. Basta ver que apenas a JPM tem nos seus activos alavancados um valor superior ao PIB mundial combinado... Acham que a coisa vai correr bem?

Entrevista obrigatória

Tenho andado com projectos e por isso a escrita no blog se tem tornado mais escassa. Não vou comentar os mercados em si já que está em rallie mode, através da mão do governo. Quando esta mão sair de baixo já se sabe o que irá acontecer, mas enquanto isso não sucede a festa continua... Pena é que a festa seja à custa da classe média que vai ficando cada vez mais pobre, mas tudo a bem dos big boys que se enchem cada vez mais de uma forma completamente aberrante, sem saberem ler nem escrever e sem produzir nada. Mas a lei causa efeito é tramada...

Vou colocar aqui a entrevista de William Black, excelente e de visualização obrigatória.

Everyone should ask themselves the same rhetorical question that forms the basis of Black's conclusion: "What would it take if the greatest economic catastrophe in 80 years, if an epidemic of fraud by your top elites, if the corruption of your most senior professionals, in accounting, law, appraisal, rating agencies, isn't enough to make you fundamentally reconsider and say we are headed along a disastrous path. What will it take, because the next big one will be even worse."

Full five part interview below: